Homem perfeito não existe

Cair em golpe é coisa que acontece sempre, mas a gente pensa que é só com os outros. Pois aconteceu com uma pessoa muito próxima a mim. Quando uma amiga percebeu que foi mais uma vítima, claro que sentiu-se envergonhada porque pensava “imagina eu, tão inteligente, cair nessa”. Isso não tem nada a ver com inteligência, nível cultural etc. É como uma simples conta de adição: basta somar 'mulher sem um relacionamento amoroso + alguém muito bem treinado para seduzir'. Resultado: a mulher se apaixona e se transforma numa presa fácil. E daí para mandar uma grana para salvar o 'amado' de algum problema, é um pulo. Graças a Deus, ela descobriu antes.
Vamos aos fatos. Estava minha amiga no Insta quando um homem a chama para conversar. Desinteressada, ela foi até bem grossa no começo. A primeira conversa foi assim:
- Vi suas fotos aqui (Insta) e achei seu perfil interessante. Você é solteira?
- Sim.
- O que você procura num homem?
- Não estou procurando homem.
Dias depois, ele chama de novo: - Ocupada?
- Sim.
Passam-se mais dias:
- Podemos conversar?
- Agora não dá.
Outros dias se vão...
- Podemos conversar?
- Olha, não estou interessada, mas se conversarmos em inglês (porque ele usava o tradutor), eu topo bater papo porque assim você me ajuda a melhorar no inglês.
- Lógico....
E assim foi durante um bom tempo. Até que ela não sabe como, a conversa foi ficando interessante. Minha amiga adora gente de humor afiado e ele tinha. Um bom homem, divorciado, dois filhos, desiludido no amor. Bingo! Foi se envolvendo. Conversavam todos os dias. Numa sexta, ela assistiu um documentário sobre golpes de namoro na internet. Levou um susto. Bloqueou o cara no whatsapp. No sábado de manhã, ele mandou uma mensagem no Insta: “por que você me bloqueou?”. E a sincera contou a verdade. Ele disse “Me desbloqueia que vou fazer uma ligação com vídeo”. E ligou mesmo. E era o cara da foto. Aí ela abriu de vez a guarda. Acreditou piamente.
Os assuntos eram os mais variados e passavam até pela educação dos filhos, cujas fotos ele lhe mandava. Aliás, enviava muitas fotos. Super preocupado com a vida dela, super presente... E assim passaram-se dias... Até que ela começou a desconfiar. Era “muita banana por um tostão”, como diziam os antigos. Começou a confrontá-lo. E ele se dizia arrasado por ela não confiar nele. Dizia que viria ao Brasil logo, que iria fazer um serviço na Noeruga e que de lá viria ao Brasil. Blá blá blá....
Eis que um dia ela teve um estalo, pegou uma das fotos dele, digitou no Google “Como descobrir se uma foto foi roubada na internet”. Achou um site, enviou a foto, carregou e veio a resposta. A foto era de um norueguês (ele era americano). Começou a fuçar tudo o que se relacionava a esse homem e o encontrou no Facebook. TODAS AS FOTOS que recebeu do americano eram do norueguês. Inclusive os filhos eram mesmo dele. Estava tudo lá.
Tem milhares de detalhes que não importam. Minha amiga desmascarou o americano, disse que sabia que ele era um golpista, contou que encontrou o dono das fotos etc. Ele não se deu por vencido, arrumou 200 desculpas, todas esfarrapadas porque ele já estava abalado, ela percebeu. Ele respondeu coisas desconexas, ela o mandou à merda, bloqueou tudo e adeus. Mas ela não ia parar por aí. E o dono das fotos? Ele tinha que saber que até seus filhos estavam sendo expostos.
Entrou no Face dele e mandou um recado explicando rapidamente o que aconteceu. Isso foi no dia 25 de setembro. Só hoje (22 de outubro) ele respondeu. Educadíssimo, contou que essa não é a primeira vez que usam fotos dele e que existe uma rede internacional, sediada possivelmente na Nigéria, que aplica golpes em homens e mulheres. Que na Noruega, golpes desse tipo acontecem aos montes. É um problema mundial.
Ela foi novamente pesquisar e encontrou o relato de uma jornalista que passou por isso e pasmem!, foi até a Nigeria desmascarar seu 'amor'. Ele era dono de uma barbearia que seria fechada caso ele não entrasse nesse 'negócio'. Muitos deles são vítimas desses criminosos assim como ela. É muito triste saber que o mundo digital pode ser tão cruel. Só uma coisa ainda martela na cabeça da minha amiga: quem é o homem do vídeo?
Essa história vale como alerta para mulheres vulneráveis. Desconfie sempre quando você for abordada online pelo 'homem perfeito'. Mesmo porque, nós sabemos que ele não existe.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Viva mesmo após a morte

09 de novembro de 1989

08 de agosto de 1990