Sem data

Tata querida e amada, não sei dizer nada agora, só sei dizer que a amo com amor muito especial (*). Que quero tentar viver para poder oferecer toda minha unidade para você. Você é um presente de Deus. Um dom para todos nós. Quero tentar viver a Vontade de Deus para poder acompanhá-la sempre. Obrigada. Obrigada por tudo. Telefone todas as vezes que você puder e quiser. Será lindo. Que em Loppiano e em todos os lugares que você estiver, Maria seja a nossa mãe. Cuide-se bem. Daqui estarei unidíssima com você. Por Ele, HOJE, AMANHÃ E SEMPRE. Por toda nossa família. Ficarei feliz toda vez que me lembrar (quando estiver saudosa) que iremos a Loppiano no ano que vem, se essa for a vontade de Deus. Minha querida filha, tchau. Um tchau em Jesus. Por Ele e por Nossa Senhora. Mamãe. (*) Essa cartinha só reforça o que todos nós sempre soubemos: que a Tata sempre foi a preferida... De boa, ela é mesmo especial.... rs

Comentários

Cacá disse…
Olha a prova aí!!! Essa carta existe mesmo Ude? Kkkkkkkk será que "o prefe" vai ler? Tem uma para ele também? Kkkkkkk
Lully disse…
E não é que tem proca mesmo
kkkkkkkk
Como ela faz falta

Postagens mais visitadas deste blog

Viva mesmo após a morte

09 de novembro de 1989

08 de agosto de 1990