08 de agosto de 1990

Tata muito querida, um abraço muito saudoso para você e todo Focolare. Hoje recebemos mais uma carta. Adoramos. Cada carta que chega é um motivo a mais para nos reforçar na vida do Evangelho. Hoje eu saí para vender alguns cartões de puchero para a creche da Irene, mas antes eu fui até a imagem de Nossa Senhora e pedi para que fosse ela a vender. E que ela iria na minha frente. Ela não deixou por menos: vendi quatro cartões em 10 minutos. E ainda recebi um presente dela: quando cheguei, encontrei sua carta na área. Obrigada, muito obrigada mesmo! A maior alegria é quando chegam notícias suas. Eu pretendia escrever todo dia uma linha para você, mas ainda não comecei. Porque assim as notícias seriam mais bem contadas – e mais abundantes. Sábado foi aniversário nosso - meu e do Walter (ele não veio). Tocou no domingo, mas telefonou. O Junior também telefonou. Conversei com a Luisa. Marcos e família vieram. Ganhei três vasos de flores deles, um cobertor (acolchoado) de lã de carneiro da Clara (uma delícia), uma blusa de linha (bordô) da Masako, um guardanapo na Neusa e dona Maria e um sapato da Clara. Só. Teve bolo de chocolate, esfihas, torradas com patê de atum. Domingo à noite o Wilson veio e voltou ontem para a fazenda. O Marcos foi junto. As meninas do show escreveram e pediram germe de trigo, preciso comprar. Peço que você transmita todo meu afeto para todas as meninas do seu Focolare. Eu queria saber por que aquela menina não entra de sapatos em casa. Será que elas usam sapatos aí na sua? Ou a terra dela é muito quente? De qualquer forma, eu quero ficar amiga delas. Gostaria muito de ouvi-las também me chamando de 'mamãe' (quanta pretensão). Mas é tão gostoso ouvir as meninas do C.M. Nos tratar assim... Não sei como é em Loppiano. Hoje eu fui fazer reunião de quarteirão para estudar um pouco mais de São Francisco, em comemoração ao centenário da chegada dos Frades em Pira. Já contei isso para você. Eles vieram de Trento, os primeiros. Quero desejar-lhe boas férias, apesar de que parece que você está sem em férias. Quem vive a vontade de Deus está sempre em festa. Uma vez, fazem muitos anos, eu ouvi a Violeta contar que Chiara estava com o espírito tão feliz que perguntou às suas companheiras: 'Estamos em festa?' Tal era a maravilha de viver a vontade de Deus. Só que eu nunca consigo colocar totalmente em prática. Então sempre surgem as dificuldades e eu não aproveito. Algumas notícias dos tios: tio Raul está cada vez mais esclerosado, parece que não reconhece mais ninguém. Tio Antenor não melhorou nada da vista, ele tem outro olho para operar, só que agora morre de medo. Não esqueça de rezar para ele. O Wilson está mudando para Capitólio, vai alugar uma casa lá. Desculpe se eu já contei... Eu escrevo tanto que, no fim, não sei o que eu escrevi. Desculpe. Seu pai está deitado, são quase 11 e meia da noite. Está lendo Cidade Nova. Amanhã continuo, boa noite. Vou recomeçar, sabe que dia é hoje? 3 de setembro!!!! Mas não importa, o importante é recomeçar. Então vamos às notícias: tio Raul quebrou o fêmur, mas graças a Deus está se recuperando bem. O Wilson bateu o carro, mas graças a Deus – e por um grande milagre – não aconteceu nada. O Gabriel também esteve doente, mas já está quase bom, graças a Deus. Marcos, Maria Helena e os meninos foram conhecer as cidades históricas de Minas. Ficaram maravilhados com Ouro Preto. A cidade teve tombamento mundial. Fazem mais ou menos 10 dias que a orquestra do Benito veio tocar aqui em Pira e foi lá na Rua do Porto. Precisamente, na Praça do Trabalhador, perto da Casa do Povoador. Não. Perto da Prefeitura nova. Foi maravilhoso. O povo estava todo sentado na grama. O pessoal da orquestra disse que foi o lugar mais lindo que tocaram até hoje. Antes do concerto, Benito pediu para os músicos piracicabanos se apresentarem. A mamãe aqui ficou toda orgulhosa. Só eu seu pai fomos assistir. A Gi tinha que ir à Jaboticabal às 6.30 e o concerto foi às 5 da tarde. Eu achei maravilhoso. Neste momento, seu pai está colocando pratos na parede. Estamos fazendo uma coleção de pratos na parede da copa. Está muito bonito. Esta é a Semana da Pátria, por isso Gi está em casa. Estudou um pouco de viola; fazia tempo que eu não a ouvia tocar. Sábado a orquestra dela foi tocar em Serrana, é um 'picola' cidade perto de Ribeirão Preto. Ude foi à faculdade, parece que a escola dela não vai parar essa semana. O Collor mudou o esquema do vestibular, as provas agora serão corrigidas nas Universidades. Nós estamos pensando que agora o risco é maior, pode haver proteção. Ideia nossa. A Fátima do tio Berto vai casar no dia 08 de dezembro, reze para ela. A Angelica, irmã da Libia, vai ser operada, reze para ela. A Clara adorou tudo o que você mandou para ela e nós também. Continue rezando para o tio Antenor. A política continua cada vez pior, o PT está muito bravo. O Collor continua oprimindo o trabalhador. A Igreja até já se manifestou pela CNBB. Ele congelou o salário. O do seu pai, graças a Deus, está sempre aumentando. Ganha quase o dobro da Clara. Você pediu umas receitas, vou tentar mandar algumas. Receita de esfiha: +ou- dois copos de leite, 1 tablete de fermento ou 1 colher de sopa, 1 xícara de chá de óleo, 1 colher de sopa de açúcar, sal, 2 gemas, trigo até dar ponto. +ou- 800 gramas de carne moída, 1 cebola ralada, 1 maço de cheiro verde. Tomates, orégano, sal, óleo (um pouquinho). Essa receita foi de esfiha, mas você pode fazer essa mesma para pizza dividindo a massa. Receita de pão: 2 copos de leite, 4 gemas, 2 tabletes de fermento, 1 xícara de óleo, 1 concha de açúcar (se quiser o pão meio doce), 1 colher de chá de sal, trigo até dar ponto (não duro). Fazer a massa, não precisa sovar, descansa +ou- 10 minutos, sova um pouco, descansa mais 10, torna a sovar, descansa mais 10, torna a sovar e deixa crescer. Enrola, torna crescer novamente, até perder o peso. Pincela com gema e leva ao forno. Torta de maçã: eu vou mandar de cabeça, depois peço pra Irene sua madrinha e mando a receita bem certa. 4 xícaras de trigo, 2 de açúcar, e colherinhas de café de fermento em pó, mistura bem e acrescenta umas 200 gramas de manteiga ou margarina (deixar a manteiga meio mole), de 2 a 4 ovos, depende do tamanho do ovo. Unir delicadamente a massa, dividir e colocar em uma fôrma redonda. Preparar 4 maçãs, cortar e pode acrescentar também algumas passas, se quiser. Demora para assar. Pudim de leite: meio litro de leite, 5 ovos, um pires de queijo ralado, 1 xícara de chá de açúcar (se for açúcar cristal, menos um dedo), 2 colheres de trigo mal cheias (sopa). Bater tudo no liquidificador. 1 xícara mal cheia de açúcar para a calda caramelizada. Queimar o açúcar e untar a fôrma. Cozinhar em banho maria, sempre no mínimo do fogo, não demora para cozinhar. Espetar um palito, se sair seco, está pronto. Não tirar muito quente para não quebrar. Fazer na véspera fica + gostoso. Tata querida, peço desculpas porque você escreve cartas maravilhosas e eu mando só noticiário. Então, tchau, um abraço muito saudoso, muitas bençãos para você e todas do seu Focolare e todas as meninas que foram com você. Como elas vão? Lembranças a todas. Que Deus a abençoe hoje e sempre, a ilumine e guarde. E também a todas do seu Focolare. Tchau, até mais. Com muitas saudades, mamãe.

Comentários

Lully disse…
Mariana sendo Mariana
Amo demais
Nesse dei risada e chorei junto de emoção...
Como ela faz falta....
Meu amor eterno
Unknown disse…
Que maravilha poder ler as experiências da dona Mariana! Um exemplo mesmo! E as receitas, sensacionais! Adorei! 😍
Gente, e essas receitas? Relíquia!
Cacá disse…
Agora que eu entendi porque a Tali tinha receitas da mamãe que não estão no caderno. Essas receitas ela fazia de cor! Vou testar .... Nunca fiz torta de maçã, nem essa receita de pão ...
Obrigada ...
❤️❤️❤️
Maria Helena disse…
Lendo essas cartas a gente sente o verdadeiro amor de mãe, e ao próximo...ela era uma FI-GU-RA

Postagens mais visitadas deste blog

Viva mesmo após a morte

09 de novembro de 1989