À deriva

Ás vezes estamos em alto mar e o barco balança, mas aí vemos que tudo não passou de uma 'marolinha'. Noutras, a certeza do naufrágio é certa. Mas certo mesmo é que, quando estamos em alto mar, nunca sabemos o que realmente vai acontecer. Há ventos fortes quando esperamos calmaria e calmaria quando esperamos um contato direto com um iceberg. Assim é a vida, cheia de surpresas. E se assim não fosse, que graça teria? Por isso mesmo é bom não se ter certeza de nada. Nem do bom, nem do ruim. Há muito anos que ouço que 'não há mal que dure para sempre, nem bem que nunca se acabe'. Assim como o bom, o ruim também tem seu final. Porque na vida tudo, tudo, tudo passa. E passa mesmo. Basta dar um tempo, colocar as idéias e as emoções no lugar, respirar fundo e voltar ao mar.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Viva mesmo após a morte

09 de novembro de 1989

08 de agosto de 1990