Absurdo!

Eu não sou nenhum exemplo de mãe. Tenho várias qualidades, mas muuuuuitos defeitos. Mas confesso que fiquei estarrecida com uma cena que vi no site do Terra, a pequena Maísa chorando de medo de um menino maquiado de monstro. A cena foi levada ao ar ontem, no programa do Sílvio Santos, aquela coisa maravilhosa, cheia de cultura e boas maneiras.
Bom, deixando de lado o SS, fiquei pensando na mãe da menina. Como mãe da menina. Desde pequena escuto minha mãe "recitando" o velho ditado "Quem meu filho beija, minha boca adoça". E para mim o contrário vale tbém. Quem judia do meu filho, a mim judia. O que será que a mãe da pequena sentiu ao ver sua filha aterrorizada enquanto o "cara do baú" ria de seu pavor? Dizendo que a menina amarelou? Isso porque ela já tinha confidenciado ao "patrão" que havia chorado ao ver o tal "monstro".
E eu pergunto: pra essas barbaridades existe um conselho tutelar? Porque essa não deixa de ser uma forma de violência. Ainda por cima em rede nacional, com milhões de "colegas de auditório" vendo a cena. E rindo. Rindo do medo de uma inocente, uma menina que a cada dia perde mais a ingenuidade. Não é de hoje que aprendi que criança tem que ser criança. Levar vida de criança. Ser cuidada, amada, protegida. Em nome de que e de quem pode-se fazer coisas desse tipo com uma menina de 6 anos?
Fica registrado aqui, adiantando ou não, pessoas lendo ou não, o meu protesto. Protesto contra o grosseiro, contra a falta de amor, contra todo e qualquer tipo de exploração.

Comentários

Anônimo disse…
Vi no Youtube. Fala sério, assustador a menininha gritando e chorando. Deu o maior medão do Sílvio, oee Sílvio. Que cara doente.
bjo

Postagens mais visitadas deste blog

Viva mesmo após a morte

09 de novembro de 1989

08 de agosto de 1990