Calorrrrrrrrrrrrrrrrr

Que tá calor, todo mundo sabe. Pelo menos todo mundo que mora por aqui, nesse imenso, belo e injusto país tropical. Pois é, eu simplesmente detesto calor. Não gosto do verão. Não durmo bem, fico cansada o dia todo, acho um porre! Pois não é de hoje que quando esquenta demais, meus pés incham. Até já relatei num post o problema do meu pé esquerdo. Só que agora é o direito. Ô saco! Bom, sábado dei um pulinho, bem de leve pra não doer o pé, até o Pronto Socorro da Unimed, o nosso tão amado SUS particular. Lá, um ortopedista me atendeu. Como sempre - e pra não evitar blá blá blás, o médico foi daquela frieza conhecida. Olhou bem pouco e disse:
- Melhor ir a um especialista de pé.
Ai, santa Gertrudes. Tô lá, no hospital, o cara olha e me manda pra um especialista de pé. Ah, qualé???????

No domingo, saí para dar uma volta, de carro, com o ar ligadíssimo, com meu filho.
- Mamãe, quando começa o outono?
- Dia 21 de março. Por que?
- Porque eu detesto o inverno.
Ponto pro meu pequeno. Somos uma família invernal.

No mesmo dia, indo pro sítio, passamos por dois treminhões, que não é que ele nunca tenha visto, mas é que nunca reparou.
- Mamãe, mas por que esses caminhões são tão grandes?
- Porque eles carregam a cana para as usinas. Vc sabe o que é uma usina?
- Sei. A nuclear?
(PUTZZZZZ)
- Não, a usina que processa a cana. Vc sabe o que ela faz?
- Sei, álcool e açúcar.

Como eles são tão sabidinhos? Quem falou de usina de álcool e açúcar pra ele? Pq eu num fui. Ai, Ude, acorda, vc não é o centro do mundo dele. Há vida - e inteligência - fora da sua casa e longe de vc, sua boba!!!!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Viva mesmo após a morte

09 de novembro de 1989

08 de agosto de 1990