Postagens

Mostrando postagens de Março, 2009

Bezerra de Menezes

Simplesmente fora de série o filme "Bezerra de Menezes" com Carlos Vereza. Eu já havia escrito um post falando que queria ver, mas não imaginava o quanto esse filme iria mexer comigo. Se você não entrar no clima, ele pode até ser bem chato, mas para quem vê o filme como uma proposta de vida, é simplesmente excelente. As falas são sensacionais... Ainda mais que uma amiga me contou que, na gravação, o Carlos Vereza fugia do texto, inspirado pelo médium. Embora eu não seja espírita, as lições passadas no filme deveriam ser vistas - e engolidas, respiradas e bebidas - por todos. Uma pequena mostra do quão horrível é o preconceito. Seja ele qual for. Está indicado!

O nó

Imagem
Amanhã faz dois anos que meu pai partiu. E desde o momento que minha mãe me lembrou da data, um nó instalou-se na minha garganta. E aqui está. E parece que não quer sair. Tenho muitas lembranças dele já adulta, mas puxando pela memória, lembro-me de um dia em que ele me levou ao "bar" para comprar garrafas de "refresco", já que eles estavam comemorando 20 anos de casamento. Logo, eu tinha 7 anos. No caminho, que na época para mim era longo e hoje eu conto dois quarteirões, eu disse "Nossa, pai, 20 anos de casado". E ele respondeu: "20 anos de enforcado". Não entendi a brincadeira, mas me lembro que fiquei com pena dele. E durante muitos anos da minha vida tive pena dele. E só hoje eu entendo que minha pena era porque meu pai era calado. E os calados, para mim, eram coitados. Hoje sei que eles são sábios. Muito sábios. Gostaria de ter puxado esse lado do meu pai. Porque sei que quem muito fala, muito erra. E ele me dizia que a gente tem uma boca …

Verdade verdadeira!

"O cristianismo não é um conjunto de verdades nas quais devemos acreditar, de leis que devem ser cumpridas, de proibições! Assim se torna muito repugnante. O cristianismo é uma pessoa, que nos amou tanto, que pede nosso amor. O cristianismo é Jesus Cristo e o evangelho."
(Oscar Romero)

Desapego

Imagem
Há uns sete anos, fui madrinha de casamento de uma amiga querida junto com um primo dela. Na época, soube que ele morava numa aldeia, no Amazonas. Em janeiro desse ano, tive a oportunidade de revê-lo e vi algumas fotos da aldeia. Na hora quis escrever uma matéria, mas ele - muito humilde - ficou todo sem jeito. Sem delongas - e depois de muitos e-mails, consegui. E reproduzo aqui. A matéria foi publicada no JP dia 22/03/2009.

Um piracicabano que vive na taba

Ude Valentini
ude@jpjornal.com.br

Em setembro de 2000, o piracicabano Hilton Silva do Nascimento, o Kiko, 36, foi contratado por um ano, pela ONG (organização não-governamental) Centro de Trabalho Indigenista (CTI) como ecólogo responsável pela avaliação da situação dos recursos da fauna, em uma parte da Terra Indígena (TI) Vale do Javari, quando passou a conhecer o povo matis. Durante o período dos levantamentos ambientais, Kiko manteve longos contatos com vários matis e como conseqüência aprendeu a falar a sua língua, envolvendo-se …

Amar

Imagem
Amar é ter um pássaro pousado no dedo. Quem tem um pássaro pousado no dedo sabe que, a qualquer momento, ele pode voar. (Rubem Alves)

Simplicidade

Era uma vez um reino onde viviam muitas pessoas. Onde não havia dinheiro; a moeda de troca era baseada na produção de cada um. Nesse reino não havia maldade, concorrência, especulação e ninguém buscava o poder. As pessoas simplesmente viviam. Nasciam, aproveitavam o que a vida lhes proporcionava e depois de muitos anos, morriam. Que bom se tudo fosse assim. Que bom se esse reino existisse. Que bom se a gente não tivesse que matar um leão por dia para poder viver com dignidade. Às vezes eu sonho com esse reino. Sem doença, sem miséria, sem jugo. Cada um vivendo para celebrar a vida. Somente isso.

Típico almoço de uma família italiana

Imagem

Excomunhão

O assunto já encheu os picuás, mas eu não poderia deixar de comentar. Sexta-feira eu senti vergonha de ser católica. Fiquei assombrada com a história da excomunhão dos médicos e da mãe da menina de 9 anos, blá blá blá. Não adianta falar muito porque eu duvido que tenha gente que ainda não saiba do ocorrido. Mas analisando os fatos, como católica, fiquei imaginando o que Jesus faria numa situação dessas. Não acho que ele defenderia o aborto, mas duvido que Ele expulsaria alguém por causa disso. Pois não foi Ele que veio para perdoar? Não foi Ele que deu a vida pelos e para os excluídos? E o que é uma menina nordestina, pobre, judiada, estuprada, senão uma excluída? A Igreja condena o aborto, eu idem. Não acho que aborto possa ser uma técnica utilizada como controle de natalidade ou para resolver uma situação fruto da irresponsabilidade de suas pessoas. Mas o caso dessa garota é totalmente diferente. Fiquei com medo da Igreja. Medo da gente estar voltando pra trás e é exatamente isso qu…

Banho da baleia

Sábado estava demais de quente. Na realidade, tava um forno!!!! Como minha mãe está acamada, passei o dia na casa dela e não pudemos cair numa piscina. Quando chegamos lá, ainda pela manhã, tive a idéia de montar a piscininha do Gico. Tava um horror de suja. Então, nós dois lavamos, encontramos uns furinhos, mas tudo bem, continuamos na empreitada. Pronto, piscina montada, limpa e já cheia, Giovanni brincou umas duas horas. E como cça detesta brincar sozinha, depois do almoço resolvi "entrar" um pouco com ele. Entrei e fiquei, pq no comprimento, ela é exata do meu tamanho. Bom, munido de potinhos, óculo de natação e mta energia, ele começou a divagar. Fomos um par de golfinhos, de tartarugas, de gatinhos, de cachorrinhos, até ele encontrar o melhor personagem pra mim.
- Já que vc é do tamanho da piscina (do tamanho, não, por favor, sou do comprimento!), vc só pode ser uma baleia. Encalhada.
Ante o meu protesto, feito em meio a muita gargalhada, ele disse:
- Mamãe, não é porque …

Feliz niver!!!!

Gi,
Feliz niver pra vc!!!! No próximo, a Angélica vai ajudar a soprar as velinhas, se Deus quiser....
Beijão e que Deus abençõe vcs, tutto bonna gente!!!! (acertei????? rs)

Aqui pode!!!!!!

Uma amiga me contou que nossa fisioterapeuta (uma fofa!) estava passeando no shopping quando foi ao banheiro. De sua "casinha", ela ouviu o papo de duas crianças.
- Pode fazer, minha mãe disse que pode, disse o menino.
- Será?, perguntou a menina.
- Poooooode.... Minha mãe disse que no banheiro pooooode fazer pum!!!!!
Aí nossa querida fisio ouviu aquele barulhinho inconfundível, tanto de um quanto de outro. Sem conseguir segurar o riso, ela saiu e deu de cara com quem? Com quem, eu te pergunto??? Com meu filho, of course!!!!! Fiquei roxa de tanto rir. Realmente, no banheiro, poooooode!!!!

Calorrrrrrrrrrrrrrrrr

Que tá calor, todo mundo sabe. Pelo menos todo mundo que mora por aqui, nesse imenso, belo e injusto país tropical. Pois é, eu simplesmente detesto calor. Não gosto do verão. Não durmo bem, fico cansada o dia todo, acho um porre! Pois não é de hoje que quando esquenta demais, meus pés incham. Até já relatei num post o problema do meu pé esquerdo. Só que agora é o direito. Ô saco! Bom, sábado dei um pulinho, bem de leve pra não doer o pé, até o Pronto Socorro da Unimed, o nosso tão amado SUS particular. Lá, um ortopedista me atendeu. Como sempre - e pra não evitar blá blá blás, o médico foi daquela frieza conhecida. Olhou bem pouco e disse:
- Melhor ir a um especialista de pé.
Ai, santa Gertrudes. Tô lá, no hospital, o cara olha e me manda pra um especialista de pé. Ah, qualé???????

No domingo, saí para dar uma volta, de carro, com o ar ligadíssimo, com meu filho.
- Mamãe, quando começa o outono?
- Dia 21 de março. Por que?
- Porque eu detesto o inverno.
Ponto pro meu pequeno. Somos uma famíl…