Dia-a-dia

Cena 1

Eu, meu amigo Rodrigo e Giovanni no carro. A conversa gira em torno de onde vou matricular o Giovanni para o 1º ano. A escolha recaiu numa escola ótima, onde estuda a elite, a nata piracicabana. Muita gente diz que vou sofrer porque não poderei dar ao meu filho o padrão dos outros.
- Rô, eu era pobre, estudei em colégio ótimo, nunca tive o padrão dos demais e nunca sofri por isso. Aliás, eu não era pobre; eu sou pobre.
Silêncio. Segundos depois:
- Mamãe, a nossa geladeira está sempre cheia.
Tomei, né! Essa foi merecida!!!!!


Cena 2

Cinco da manhã. Giovanni vem pra minha cama, CLARO!
- Filho, é madrugada, vc precisa dormir.....
- Mãe, eu descobri uma coisa, tenho que te contar. Olha só: caminhão tem três sílabas, ca-mi-nhão. Olha o que eu descobri: nhão-mi-ca.
E assim foi para orelha, batata, Ude, Márcio, Giovanni, cavalo, faca.....
- E olha o que mais eu descobri: xixi, coco, pipi, dá tudo a mesma coisa...... Eu sou espertoooo.....
Então tá.

Comentários

Anônimo disse…
ahahahahahah! Ai, Ude, o Giovanni é espertoooooo! Linda a foto!!
Chiz disse…
É massa quando eles começam a perceber as coisas, né? Foi assim conosco. PArece que Piracicaba está ficando pequena pra vocês...
Abraço, Ude (engraçado, quando meu segundo filho estava a caminho, quis batizá-lo de Udi... mas ele virou Caio).

Postagens mais visitadas deste blog

Viva mesmo após a morte

09 de novembro de 1989

08 de agosto de 1990