Bom dia!

Estou eu cá trabalhando, trabalhando, trabalhando. Pausa para o café. Minutinhos para escrever. Deixa o café pra depois. Hoje estou de plantão, rezando pra que não haja nenhum acidente grave, nenhum homicídio, nenhuma rebelião. No dia em que vou cobrir uma matéria que, pelo que sei, será uma reunião para falar sobre o holocausto. Quando penso nisso, custo a acreditar que houve gente capaz de tanta, mas tanta mesmo, maldade. Em contrapartida, em um barracão do jornal, 20 adolescentes, guardas-mirins, estão fazendo a triagem de todo o material arrecadado pelo jornal para as vítimas das enchentes de Santa Catarina. Convidei minha irmã Cacá para ajudar. Ela atendeu prontamente. E como uma boa comandante, botou ordem e o trabalho começou. Todos ajudando. E enquanto ajudam, as meninas cantam. Coisa mais bonita. Jovens, que poderiam estar em casa dormindo, estão se dedicando a um Estado e a pessoas que nunca viram. E cantando. Não há nada melhor que poder ser útil. Agora, lá vou eu para o Plantão Policial.

Comentários

Anônimo disse…
Oi Udeeeee
Que clima do bem, o trabalho das meninas no barracão alegrando seu plantão, sua irmã ajudando, as primeiras fotos da Angélica.....!
Obrigada pela mensagem que vc deixou pra mim, amorrrr. Fiquei feliz! Tb sinto muita, muita saudade!
Beijos e bom finde!

Postagens mais visitadas deste blog

Viva mesmo após a morte

09 de novembro de 1989

08 de agosto de 1990