Pensando na vida

"Tem dias que eu fico pensando na vida e sinceramente não vejo saída.... Como por exemplo, não dá pra entender, a gente mal nasce e começa a morrer...."
A gente nasce, cresce e cai na vida. No mercado de trabalho. Na corrida diária e na maldita competição. Não consigo, sinceramente, entender porque temos que competir todo santo dia. Competir contra tudo e contra todos. Ser melhor. Ser mais esperto. Ser mais brilhante. Tô realmente cansada disso tudo. Cansada de dar risadinha quando minha vontade é de gritar. Cansada de falsidade, cansada de maldade. Cansada de tudo. Minha casa é meu refúgio. Lá não impera a falsidade, o desamor e a inveja. Lá impera o amor. Não tem sensação melhor do que entrar em casa, no meu domínio, onde eu posso ser eu mesma, onde me sinto segura, onde encontro a paz. E acabo percebendo que sou uma pessoa privilegiada, pois tem tanta gente que não suporta voltar para casa, que encontra todas as desculpas para prorrogar o horário da "chegada". Comigo acontece exatamente o contrário. É na minha casa, pequena, sem luxos, mas superaconchegante que eu me sinto livre. Onde posso relaxar, me desarmar e amar.....

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Viva mesmo após a morte

09 de novembro de 1989

08 de agosto de 1990